SIMULAR

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on reddit
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
Share on facebook

Vem aí a CPI que investigará o governo federal bem como governadores e prefeitos que receberam dos cofres  públicos cerca de 3,2 bilhões de reais . Contudo, de forma imoral dizem que a CPI será comandada por dois senadores que respondem nos Tribunais inclusive no STF, a dezenas de processos por desvio de dinheiro público. Que País é este? Renan responde a 17 inquéritos e Omar está na mira do MPF, por ser acusado de desviar 260 milhões de reais dos cofres públicos que eram para a saúde. Qual moral possuem ? São suspeitos em face do que já declararam? E o STF que dorme em berço esplêndido fizera o que nos últimos 8 anos? Concedera Habeas Corpus a protegidos, a criminosos e a condenados. Que País é este?

Esses párias pouca importância dão à pandemia que atinge indistintamente a todos. Encastelados em outro planeta descerão ao mundo dos vivos para comandar uma CPI já nascida com as distorções decorrentes das ideologias e dos interesses de cada condutor. Não passa por suas cabeças nada acerca dos desempregados, ou seja, os mais atingidos pelo impacto da COVID- 19 que no geral levara à falência grande parte do comércio. Não falemos dos jovens, nem   dos menos escolarizados, que paulatinamente foram perdendo seus empregos; tão pouco daqueles que resolveram não mais procurar. Como se preocupar com esta situação se ambos vivem num mundo onde o que vale é o meu pirão. Num  país onde se despreza o talento, se escravisara o miserável e a mediocridade fora privilegiada; esperar o que dessa CPI ?

Por outro lado, saber que futuros “pré-candidatos” só se prestaram para atacar Bolsonaro não é nem triste e nem mórbido. Afinal, o que esperar de quem pensa muito pequeno; vive na mesmice ao chamar Bolsonaro de “genocida” e ainda, inimigos no cenário político que quase se beijaram…? Só prestaram para se auto denegrirem não só porque cada qual se vangloriava de seus feitos, mas porque amontoaram números em temas diversos, faltando a competência para alguns  e a experiência para outros. Atacar Bolsonaro como fizeram todos foi a maior covardia e chamá-lo de “mito das mortes” bem revela a pobreza de espírito de um governador lambe-botas da China. Contudo, votar num corrupto parece-nos mais vergonhoso. Aguardemos as pedras se moverem porque muita água passará debaixo da ponte e os objetivos se encontram abaixo das necessidades do país. Mas dizer “que a democracia está em pleno desmanche neste cemitério chamado Brasil” é desconhecer a realidade de um governo cuja marca é construir, dar infraestrutura, não roubar e não deixar roubar; além de ter fechado as torneiras para vários oportunistas que hoje prestam um desserviço a Nação; expelindo seus ódios.  Afastemo-nos dele que não contribui em nada para a democracia. Mas não reconhecer a realidade aonde o governo federal vem reconstruindo a Nação com obras de Norte a Sul, é no mínimo ser omisso e tendencioso. Sejam todos mais honestos.

Manaus/AM, 23 de Abril de 2021.

 

JOSÉ ALFREDO FERREIRA DE ANDRADE

Ex- Conselheiro Federal da OAB/AM  nos Triênios 2001/2003 e 2007/2009 – OAB/AM A-29

Email: alfredo@andradegomesadv.com.br

Iniciar chat
Precisa de ajuda?
Olá bem-vindo ao SIMULAR
podemos aqui esclarecer suas dúvidas.